Em Paz com a TPM

Todos os Posts sobre Ciclo Menstrual 
e Cuidados Para Aliviar a TPM em ordem de publicação.
O mais recente está no final da página.

Conheça Seus Ritmos Lunares e Tire Proveito!


Todo mundo sabe que o Ciclo Menstrual interfere no humor das mulheres, mas pouca gente sabe que há alterações específicas em cada semana do ciclo e elas podem ser utilizadas a nosso favor!

Cada semana do ciclo menstrual corresponde a uma fase da lua. Infelizmente, hoje em dia a maioria das mulheres está totalmente desconectada dos ritmos lunares.

O gráfico abaixo mostra com detalhes as mudanças durante o mês, parece complicado mas vou explicar de uma forma bem fácil.

Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade da Califórnia

1 - Primeira Semana - Lua Nova
Começamos no primeiro dia do ciclo,  quando chega a menstruação (é aquele alívio!) o humor começa a melhorar progressivamente durante os primeiros sete dias. 

Assim como a lua se recolhe nesse período, sempre que possível, permita-se descansar um pouco pelo menos nos primeiros  2 dias da menstruação, você vai ter mais energia no resto do mês.

2 - Segunda Semana - Lua Crescente

À medida que a energia da lua começa a se fazer mais presente e nosso corpo parece acordar.

Nossa tolerância à dor aumenta, ou seja, se tiver que marcar dentista, fazer depilação ou algum tratamento que envolva desconforto, prefira essa semana, vai ser mais fácil...

Ficamos sensíveis a reações medicamentosas. Se for utilizar algum medicamento que nunca usou antes, tome cuidado nesta fase. 

Também ficamos mais desconfiadas; portanto, se ficar com a "pulga atrás da orelha" com alguém, preste atenção a isso, mas espere esta semana passar e verifique se persiste antes de tomar alguma atitude.

O desejo sexual começa a aumentar.

3 - Terceira Semana - Lua Cheia
Nesta semana acontece a ovulação, geralmente na metade do ciclo. O desejo sexual e o humor estão em alta, assim como a lua brilha cheia no céu.

Logo após a ovulação há menos desejo de fumar. Se você fuma e deseja fazer um tratamento para parar, a fase ovulatória é um bom momento para começar.

As convicções também são mais firmes, então se precisar tomar uma decisão, ficará mais fácil.

4 - Quarta Semana - Lua Minguante

A energia da lua começa a diminuir e nosso corpo se prepara para o recolhimento da próxima Lua Nova.

A TPM  chega e os nervos ficam à flor da pele. Nesse momento evite sobrecarregar sua agenda, evite também situações de conflito e desgastes desnecessários. 

A sensibilidade à dor aumenta, se possível evite os procedimentos dolorosos nesta fase. O olfato também fica sensível, então alimentos de odor acentuado podem nos enjoar (mesmo que sejam alimentos que gostamos).

Também vem aquela necessidade de chocolate... o corpo instintivamente busca o triptofano, um aminoácido importante para a produção da serotonina, o hormônio do bom humor. Mas evite os excessos e prefira o meio amargo ou 70% cacau. O chocolate ao leite tem menos triptofano, você vai precisar comer muito e as calorias...

Algumas mulheres têm avidez por coisas mais salgadas nessa fase, cuidado: quanto mais sal, maior a retenção de líquidos e pior o humor.

Aqui consideramos um ciclo de 28 dias, mas pode ser aplicado a ciclos de outra duração, basta dividi-lo em 4 partes. Por exemplo, se o seu ciclo tem 36 dias, cada uma dessas fases terá 9 dias, certo?

A diferença é que com ciclos maiores fica um pouco mais difícil perceber a influência das fases da lua. Mas à medida que se sintonizar com seus ritmos, a tendência é o ciclo menstrual seguir as fases da lua.

Sempre é bom lembrar que estes  dados são aproximados e representam a média da população, existem variações individuais.

Vou falar mais sobre os hormônios em outro post (este aqui já está bem longo), mas se tiver alguma curiosidade ou dúvida é só perguntar, OK?

Em breve teremos postagens sobre os cuidados para aliviar a TPM e as cólicas.

Tente respeitar os ritmos do seu corpo e aproveite o melhor de cada fase, tudo ficará mais leve...

Você é afinada com os ritmos do seu corpo?


Em Paz com a TPM - Parte 1
As Alterações Hormonais
imagem: google

Quem nunca esteve à beira de um ataque de nervos durante a TPM? E aquela sensação de inchaço, fadiga e dores de cabeça? Realmente é um sofrimento...

E pensar que enfrentamos isso cerca de 400 vezes durante nossa vida fértil! E depois dizem que a mulher é o sexo frágil...

Neste post vou explicar um pouquinho sobre o papel dos hormônios no ciclo menstrual e na TPM.

Durante a primeira metade do ciclo, o estrógeno vai subindo até chegar a um pico que antecede a ovulação, depois cai bruscamente e começa a subir a progesterona.

O estrógeno nos deixa confiantes, bem humoradas  e com mais desejo sexual, além de preparar o útero para receber um embrião e favorecer a ovulação.

A progesterona tem a função de favorecer a nidação (ou fixação)  do embrião na parede uterina e também permite a continuidade da gestação. Mas ela nos deixa mais introspectivas e emotivas (já reparou como as mulheres grávidas ficam sensíveis?).

Só que se a fecundação não acontecer, a progesterona atinge um pico e começa a cair bruscamente cerca de uma semana antes da menstruação, causando mudanças mais bruscas de humor, cansaço, inchaço e dores de cabeça.

A menstruação permite a eliminação de toda aquela camada criada no interior do útero para receber o embrião. Ela não pode ser mantida pois a proliferação contínua
favoreceria mutações e desenvolvimento de câncer de endométrio.

O óvulo não fecundado é reabsorvido em seu trajeto pelas trompas. É um material nobre, não é eliminado e sim reciclado. A natureza é sábia, meninas...

Embora os hormônios tenham seu papel, os fatores externos são até mais importantes na origem da TPM. Vale destacar que em culturas onde as mulheres vivem mais sintonizadas com a natureza a TPM praticamente não existe.

Estresse causado por problemas conjugais, doenças na família, pressão no trabalho, etc...podem agravar ou desencadear os sintomas.

Na TPM tudo incomoda mais e as coisas também parecem ser piores do que são, por isso, evite tomar decisões importantes nesse período.

Mas a intensidade dos sintomas também depende da auto-estima e dos cuidados que temos com nosso corpo no dia a dia.

Como hormônios e problemas  todo mundo tem, o que conta mesmo é o que cada uma faz para manter seu bem estar e a calma diante das dificuldades e com isso amenizar os desconfortos da tensão pré menstrual.

Nos próximos posts desta série vou apresentar dicas de cuidados com alimentação, fitoterapia, medicina chinesa, florais, auto-massagem e aromaterapia que podem ser úteis.


Em Paz com a TPM - Parte 2 - Alimentação

Bom amigas, antes de ir para dicas mais complexas como fitoterapia, medicina chinesa, florais e etc...vamos começar com o básico:  os cuidados com a alimentação que ajudam e muito a amenizar os sintomas da TPM. Especialmente o inchaço, o mal humor e os ataques de vontade de comer doces ou chocolate.

O nosso ciclo hormonal gera várias alterações bioquímicas que desencadeiam os sintomas da TPM  (já expliquei nos posts anteriores desta série, se você perdeu, clique aqui). Mas esses sintomas podem ser amenizados com cuidados básicos como descanso adequado, atividades físicas e alimentação correta.  Então vamos lá...


A retenção de água que gera o inchaço, fazendo com que tenhamos aumento de peso, dores nas mamas, sensação de peso nas pernas, cansaço e enxaquecas, depende principalmente da quantidade de sódio (sal) que ingerimos, mas também é afetada pelo açúcar refinado, álcool e gorduras.

Portanto, à partir da metade do ciclo menstrual elimine da sua dieta os alimentos muito salgados, as frituras, o consumo de açúcar refinado e álcool. Você já vai notar diferença nesses sintomas. 

E tem um detalhe importante: quanto menos inchaço, menos cólicas...

Para quem tem displasia mamária e sofre bastante com dores nas mamas nesse período, aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina E ajuda muito a aliviar, pois essa vitamina é a protetora das mamas e órgãos sexuais. As fontes de vitamina E são: castanhas, cereais integrais, azeite de oliva e sementes de girassol. 

Mas também existem suplementos nutricionais exclusivamente com vitamina E que podem ser usados mensalmente à partir da metade do ciclo  até chegar a menstruação e aliviam os casos mais intensos. Não tem contra indicações. 


Aquela irritação e o mal humor que nos acompanham durante este período acontecem pela redução da disponibilidade de três sais minerais e uma vitamina importantíssimos para produção das endorfinas e da serotonina (os hormônios do bom humor): são o Cálcio, o Manganês, o Magnésio e a vitamina B6.

Portanto, inclua na sua dieta sempre (se possível diariamente): laticínios (para suprir as necessidades de cálcio), castanhas, legumes e cereais integrais (para suprir o manganês, a vitamina B6 e a vitamina E ) e vegetais de cor verde escura (para suprir o magnésio). 

Existe um suplemento nutricional vendido em farmácias que combina o magnésio e a vitamina B6 e ajuda muitíssimo nos casos mais intensos, nos quais mesmo com alimentação correta, atividade física e descanso, as alterações de humor persistem. Não engorda e não tem contra indicações. 

A principal causa daqueles ataques de gula e de vontade de comer doces, chocolates... é a falta principalmente do magnésio e do manganês, mas também pioram se o intervalo entre as refeições for muito grande.



Então, se você corrigir sua alimentação para suprir os sais minerais a vontade de doces diminui, e nessa fase evite ficar mais de 3 horas sem comer. Inclua lanchinhos saudáveis entre as principais refeições como: frutas ou sucos naturais, laticínios (iogurte ou queijo) e castanhas. 

Essa é uma dica que ajuda inclusive a perder peso, pois refeições mais leves e freqüentes levam à diminuição da quantidade total de alimentos consumidos ao longo do dia.

Ah...beba muita, muita água! Ela é uma aliada importante para aliviar todos estes sintomas.

Quem quiser saber o nome dos suplementos que mencionei e como usá-los, é só deixar um recadinho que envio as orientações.


Em Paz Com a TPM - Parte 3 - Fitoterapia

Se você já corrigiu sua alimentação,  está complementando as  vitaminas e minerais que descrevi aqui, fazendo atividades físicas regularmente e mesmo assim a "coisa está pegando", é preciso buscar outras alternativas que potencializem esses cuidados.

Hoje vamos falar sobre fitoterapia. Bom, primeiro é preciso esclarecer que fitoterapia e homeopatia são coisas bem diferentes. A fitoterapia consiste em utilizar partes de plantas (raíz, caule, folhas, flores ou sementes) para chás, tinturas, xaropes, compressas, ou mesmo o extrato seco ou seu óleo em cápsulas para o tratamento de doenças ou sintomas.

Um dos principais enganos que percebemos na maioria das pessoas é achar que "o que é natural, não faz mal". Todos os medicamentos, sejam alopáticos, fitoterápicos, homeopáticos ou antroposóficos podem causar efeitos adversos e reações alérgicas. É muito importante saber definir qual a melhor planta para os sintomas que a paciente apresenta. Portanto, o uso deve sempre ser acompanhado por um médico, Ok?

Vou descrever as principais plantas utilizadas para suavizar os sintomas da TPM, mas somente as que têm evidências científicas comprovadas. São várias, terei que dividir em dois posts. Então, vamos lá!

Prímula
Prímula (Oenothera Biennis) também é conhecida como: prímula da noite, estrela da noite, salgueiro noturno, panacéia de rei, erva dos burros e primrose (em inglês).

A forma mais comum de uso desta planta é através de cápsulas com o óleo extraído das suas sementes, o óleo de prímula, que se encontra facilmente nas drogarias.

Esse óleo é rico em ácidos graxos que ajudam a aliviar inflamações e fortalecer o sistema imunológico, também contribuem para a saúde da pele.

Este óleo tem muitos usos, como aliviar dores de artrite e melhora de equizemas. Em relação à TPM, a prímula ajuda a aliviar as dores nas mamas (especialmente se associada à
vitamina E),  também reduz o nervosismo e a insônia, visto que é um sedativo leve.

Existem usos de outras partes desta planta, mas como a chance de efeito adverso seria maior, vou me restringir às cápsulas do seu óleo. 

Como usar: 1 cápsula ao dia, todos os dias. Na TPM tome 2 ao dia. Quando a menstruação chegar, volte a tomar 1 ao dia. Uso contínuo por no mínimo 90 dias.

AtençãoA Prímula não deve ser usada por mulheres grávidas, nem pessoas que sofrem de epilepsia, distúrbios hemorrágicos ou esquizofrenia.

Borragem
A Borragem (Borago officinalis), também é conhecida como borracha e foligem. Todas as partes desta planta têm usos medicinais diversos: problemas de pele, reumatismo, inflamações, aumento da lactação, febres...

As flores da borragem eram usadas desde a idade média para inspirar conforto e alegria. 

Mas como nosso tema é a TPM, o mais indicado é o óleo extraído das sementes, o Óleo de Borragem, também facilmente encontrado em drogarias.

Por ter efeito diurético suave, ajuda a reduzir a retenção de líquidos, contribui para reduzir as dores nas mamas (principalmente se associada à vitamina E), e também alivia a irritabilidade e melancolia que incomodam as mulheres que se queixam de tristeza e choram com mais facilidade nessa fase.

Como usar: Tome 1 cápsula ao dia todos os dias, na TPM tome 2 ao dia. Quando a menstruação chegar, volte a tomar 1 ao dia. Uso contínuo por no mínimo 90 dias.

Muito cuidado com as folhas desta planta, pois tem alcalóides tóxicos. E também não pode ser usada por mulheres grávidas.

Angelica sinensis

Angélica é conhecida como Dong Quai e Ginseng Feminino. Uma das plantas mais populares na fitoterapia chinesa, só perdendo para o próprio Ginseng.

A parte mais utilizada é a raiz na forma de seu extrato seco, que pode ser encontrada em cápsulas ou em pó. Geralmente utilizada em associação com o gengibre. A dose e a forma de administração devem ser definidas para cada caso.

Ela tonifica o sangue,  o baço e o fígado;  também fortalece o sistema imunológico.  Atua como um fitoestrogênico suave. Indicada principalmente para regularizar a menstruação (em relação à duração do ciclo), mas também para reduzir o inchaço e as cólicas. 

Como usar: de acordo com orientação médica adequada para cada caso.

Atenção: Não pode ser utilizada por mulheres grávidas ou que estejam amamentando. E nem por pessoas com problemas de coagulação ou que estejam tomando anti-coagulantes. Deve ser suspensa antes de procedimentos cirúrgicos.

Vitex Agnus Castus

Também chamada de vitex, pimenta de monge, verbena lilás. A parte utilizada é o fruto. Disponível em forma de cápsulas nas drogarias.

Por ter uma ação progestogênica suave, atua principalmente regulando a menstruação com relação à quantidade de fluxo (excesso  ou falta) e normaliza os ciclos muito curtos.

Ajuda nos casos de infertilidade por falta de ovulação ou insuficiência do corpo lúteo. É indicada também para aliviar as dores nas mamas e ajuda a corrigir a hiperprolactinemia (excesso de prolactina no sangue).

É contra-indicada para mulheres grávidas ou que estejam amamentando e para quem tem excesso de progesterona no sangue.

Deve ser utilizada sob supervisão médica principalmente nas pacientes que realizam terapia de reposição hormonal ou tratamentos endocrinológicos.


Valeriana officinalis

Valeriana é um fitoterápico bastante popular, também conhecida como erva-de-são-jorge e erva-de-amassar. 

A parte utilizada é a raiz na forma de extrato seco, facilmente encontrado em cápsulas nas drogarias, pode ser também utilizada na forma de chá (encontra-se raiz de valeriana desidratada em casas de produtos naturais).

É um sedativo suave, indicado para aliviar a ansiedade, o estresse, a irritabilidade e insônia em qualquer fase da vida e também na TPM.

Como usar: 1 comprimido todas as noites à partir da metade do ciclo até a menstruação chegar.

Neste caso a única contra-indicação é para pessoas alérgicas à valeriana e ter cuidado para evitar super-dosagem.

Passiflora incarnata

Também conhecida como maracujá doce, maracujá silvestre e flor da paixão. Todas as partes desta planta têm usos medicinais diversos: folhas, flores, frutos e sementes.

Para a TPM, são utilizadas as folhas secas em forma de cápsulas ou comprimidos, também podem ser consumidas em forma de chá.

Tem uma ação sedativa suave, aliviando a irritabilidade, a ansiedade e a insônia. Também é anti-espasmódico, ajudando a aliviar as cólicas.

Se for ingerida em excesso pode causar sonolência.

Como usar: 1 comprimido todas as noites à partir da metade do ciclo até a menstruação chegar. Se for chá, uma xícara de chá ao deitar no mesmo período acima.

Uma dica importante na preparação de chás medicinais:
Para ter efeito medicinal as plantas não podem ser fervidas. Coloque a erva na xícara e despeje água quente (não fervendo) e abafe por 2 a 3 minutos.

Espero que estas dicas sejam úteis a vocês. 


Em Paz com a TPM - Parte 4 - Medicina Chinesa - Primeira Parte

"Eternamente, a mulher tem derramado a si mesma para quem tem sede, 
raramente permitindo-se o tempo, a quietude e a paz,
para que o jarro possa encher-se até a borda."

Anne Morrow Lindbergh

Para a Medicina Chinesa, a Tensão Pré Menstrual é resultado de uma desarmonia dos órgãos, principalmente do fígado, causada por estresse e má alimentação.

No momento da ovulação, a energia do fígado é predominante para estocar sangue e nutrir o óvulo caso seja fecundado, e este órgão continuará trabalhando bastante até chegar a menstruação.

O fígado é um órgão muito sensível ao estresse e às emoções. Ele é afetado principalmente pela raiva e sentimentos reprimidos.

Se o fígado estiver em desarmonia, poderemos ter vários sintomas de Tensão Pré Menstrual. Dependendo do quanto foi afetado ele afetará outros órgãos também, podendo causar irritação e/ou tristeza, inchaço, dores nas mamas, alterações nos intestinos, alterações de pele e desejo de comer doces.

Então, vamos harmonizar o fígado? 

O segredo da harmonia do fígado é cuidar do nosso estado de espírito, evitando estresse e nos permitindo algumas pausas para respirar durante o dia.

Se puder incluir alguns minutos de meditação diariamente verá que a mudança é incrível!

As atividades físicas leves e moderadas também são muito benéficas, pois a ativação da circulação sangüínea e  a transpiração ajudam a eliminar toxinas, facilitando o trabalho desse órgão e melhorando muito os sintomas da TPM.

Sem falar que a atividade física promove a liberação de endorfinas que aliviam o estresse e melhoram o humor!

O fígado é muito sensível à alimentação. As mudanças na dieta costumam ter um resultado rápido.  Siga as dicas que já dei aqui e acrescente as dicas a seguir.

Especificamente para o fígado, retire completamente da sua dieta após a ovulação e até descer a menstruação: cafeína, bebidas alcoólicas, carne vermelha e gorduras. 

Você já vai notar uma boa diferença...Se puder evitar esses alimentos sempre, melhor ainda!

A técnica do Do In (Acupressura) ou acupuntura com as mãos também é muito eficaz para harmonização. 
Faça uma pressão firme (mas sem causar muita dor) nestes pontos dos pés diariamente por pelo menos um minuto ao acordar e antes de dormir. Finalize massageando suavemente o ponto depois da pressão.

Faça isso sempre, principalmente à partir da ovulação até menstruar.

Este ponto é o Fígado 3, um ponto que harmoniza todo o meridiano do Fígado.

Aliás, massagear regularmente os pés e fazer escalda pés é um dos segredos da longevidade dos mestres chineses! Massageie sempre seus pés, principalmente antes de dormir e tenha o sono dos anjos...

A desarmonia do fígado, quando severa, acaba afetando o baço, os rins e os pulmões causando outros sintomas comuns na TPM.

Medicina Chinesa - Segunda Parte

Lembrete do post anterior: Para a Medicina Chinesa, os sintomas da TPM originam-se de uma desarmonia primária do Fígado causando principalmente a irritação característica dessa fase. 


Se essa desarmonia persistir, acabará afetando outros órgãos também.

Se tiver os sintomas de algum órgão específico que vou descrever logo a seguir, siga sempre as orientações para cuidar do fígado que postei aqui e acrescente as dicas referentes aos sintomas que você tem. Ok?

Inchaço corporal e/ou mamas doloridas
É sinal que baço e rins não estão conseguindo eliminar a umidade. Evite alimentos que aumentam a umidade do corpo segundo a Medicina Chinesa: leite e derivados e sal.

Para eliminar os líquidos e evitar retenção tome muito chá de Carqueja à partir da ovulação e até menstruar. A carqueja harmoniza o baço e os rins.


Melancolia
Se a melancolia for predominante na sua TPM, é sinal de que o pulmão também foi afetado. Para harmonizá-lo siga as orientações dietéticas para o fígado e inclua na sua dieta alimentos picantes como nabo e rabanetes. 

Beba muito chá de Gengibre desde a ovulação até menstruar. O gengibre purifica e harmoniza toda a energia do corpo, principalmente rins e pulmões.


Comer Doces e Chocolate
Se tiver muito desejo de comer doces, isso indica desarmonia do rim e baço. Para tonificá-los coma algas, broto de feijão, brotos de bambu, soja, cogumelos e raízes como mandioca, inhame, cará.

Tome muitos líquidos e Chá de Gengibre desde a ovulação até menstruar.
Do In ou Acupressura

Aperte esse ponto em ambas as pernas e pressione por um minuto (usando os polegares), finalize com uma massagem suave. Faça diariamente ao acordar e ao dormir, desde a ovulação até menstruar.

Este ponto é o Baço 6 que junto com o Fígado 3 (que mostrei  no post anterior) ajuda  muito a harmonizar e aliviar a TPM. 

Comece sempre pelo ponto do Fígado e depois vá para o do Baço.

Espero que estas dicas sejam úteis.


Em Paz com a TPM 5 - Vai de Copinho?

Na semana passada, um dos Grupos de Whatsapp do Mulheres em Círculo (o grupo do Pic-Nic) estava borbulhando de criatividade e trocas entre todas, foi lindo! 

E numa dessas trocas começamos a conversar sobre nossa relação com a menstruação e sobre os absorventes descartáveis, os reutilizáveis e os coletores. Algumas já usando o copinho, outras ainda com dúvidas.

Todas as que passaram a usar dizem: Por que não comecei a usar antes?

É prático, confortável, ecológico, muito econômico (dura a vida inteira) e não vaza.

Sem falar que evita as irritações de pele, não altera a flora vaginal e não fica nenhum odor, porque o sangue não tem contato com o ar.

Uma das nossas amigas nos passou o link para este vídeo da Jout Jout que é excelente! Com aquele humor característico, que nos faz rir mesmo quando o assunto é sério, ela nos fala de sua experiência com o copinho e ensina como usar. Assista! 



Só temos uma observação com relação ao vídeo: ela fala para jogar o sangue no vaso ou ralo. Se você preferir, tudo bem. 

Mas se quiser saber um pouquinho mais, aqui vai:

Na tradição do Sagrado Feminino, o sangue menstrual é sagrado e não deve ser desprezado simplesmente. Deve ser jogado na terra para fertilizá-la. É um sangue limpo e super nutritivo. Isso ainda é feito em comunidades nativas no Brasil e outros países. Antigamente era feito no mundo todo.

Mas aqui na cidade, se você quiser se conectar com esse lado sagrado, sempre que puder despeje o sangue em um recipiente,  dilua com um pouco de água e jogue no jardim ou em vasos de plantas. 

Desta forma você estará se conectando com esta sabedoria ancestral, honrando a Mãe Terra com sua oferta sagrada e suas plantas vão ficar lindas!!!

Achou estranho esse costume? Pois é....como nos afastamos da nossa natureza...Agora esta prática está voltando com força à medida que as mulheres estão se conscientizando de sua importância.

Conte para nós, já teve alguma experiência com o copinho ou com os absorventes reutilizáveis?


Amigas queridas do Grupo Pic-Nic, este post foi inspirado em vocês! Obrigada!


Em Paz Com a TPM 6 - Reflexologia

Em nossos pés temos pontos reflexos correspondentes a todos os órgãos do corpo. Esta é a base da reflexologia, que através de toques restabelece o equilíbrio e estimula o metabolismo. 

É ótima para desestressar, alivar dores e harmonizar corpo e mente, independente de estar na TPM ou não.

No caso da TPM, a reflexologia atua nos sintomas físicos e emocionais. Faça esta automassagem diariamente na semana anterior à menstruação.

É muito simples e você pode fazer em casa: Coloque uma bolinha de tênis no chão (use a de tênis infantil ou outra que não seja dura demais). Fique próxima a uma parede para se apoiar e manter o equilíbrio e pise sobre a bolinha.


Vá soltando o peso do corpo sobre ela, relaxe, pressione a bolinha e vá fazendo movimentos circulares lentamente em todo o pé, inclusive calcanhar e dedos. Para massagear os dedos é mais fácil se você apoiar a bolinha no rodapé para que ela não escape.

Nas regiões doloridas passe várias vezes a bolinha, mas com suavidade. Aos poucos vá soltando o peso da perna e apoiando mais sobre a bolinha nesses locais sensíveis.

Lembre de respirar fundo e relaxar os ombros e a mandíbula.

Quando terminar, solte a bolinha e ande um pouco para sentir a diferença entre um lado e outro do corpo.

Repita com o outro pé.

Se puder, finalize com um escalda-pés, a sensação é maravilhosa! Veja como fazer aqui.


Assim não há mal humor que resista, não é?


Mandala Lunar
Um Maravilhoso Recurso Para o Auto Conhecimento!
Mandala Lunar 2017
Um Caminho Para o Auto Conhecimento Feminino

Este foi um achado nas minhas férias! É uma ferramenta incrível para percebermos a influência da lua em nosso corpo e alma. 
A mandala deste ano foi feita em forma de agenda e diário, com lindas ilustrações e belos textos sobre a lua e sua influência na natureza, ciclo menstrual, saúde da mulher, influências astrológicas e muito mais...


O mais interessante é que ela não é dividida em meses, mas em lunações. O calendário é baseado na lua e nos trânsitos astrológicos.

Logo no início, um panorama do ano todo.



Na abertura de cada Lunação está a mandala onde podemos registrar nossas percepções físicas e emocionais ao longo dos dias.
Ao lado tem uma página para semearmos nossas intenções e projetos para cada período. Depois seguem-se páginas com datas, dia da semana, fase da lua e o trânsito astrológico de cada dia. Pode ser usada como agenda ou diário.
No final, tem um diagrama para mostrar como preenchemos a mandala. É muito fácil. Basta perceber como se sente ao longo do dia, energia física, emocional, foco, libido e etc...e vamos colorindo a mandala.


Com o passar dos ciclos, percebemos que cada uma de nós tem um padrão único que se repete ao longo de cada fase da lua! 

Ao percebermos como nosso corpo e mente se comportam ao longo das lunações podemos planejar melhor nossas atividades, saber quando precisamos de mais descanso, quando estamos mais focadas ou mais distraídas... podemos cuidar melhor de nós mesmas.

Esta ferramenta serve para todas, mesmo que não menstrue mais, não tenha útero nem ovários, podemos observar que mudamos ao longo de cada fase da lua pois tudo na natureza recebe essa influência.

Estou adorando e recomendo!

Ela foi criada com muito carinho por um grupo de mulheres do Rio Grande do Sul. Saiba mais sobre ela e como adquirir a sua aqui.

Aromaterapia para os Ciclos Femininos: TPM e Menopausa

Sentir o aroma dos óleos essenciais ou massagear o corpo com eles é uma das maneiras mais simples e gostosas de diminuir os desconfortos da TPM e Menopausa e ainda ficar com o corpo perfumado e macio.

Use sempre óleos essenciais naturais, as essências não têm efeito terapêutico. Vou citar os que mais uso e que têm melhores resultados:

Sálvia e Artemísia são excelentes para restabelecer o equilíbrio hormonal em todas as fases da vida. Tanto para regular o ciclo menstrual como para a menopausa.

Costumo pingar uma gotinha no pulso ou no peito e esfregar um pouquinho (teste para ver se não tem irritação na pele; se tiver, dilua-o em óleo de semente de uva para aplicar no corpo). 

Uso um de cada vez, um dia o de Sálvia, no outro de Artemísia...Mas podem ser usados juntos de todas as formas que expliquei acima. O óleo de Sálvia tem um efeito relaxante.

Estão ajudando a melhorar os desconfortos da menopausa: calores, cansaço, irritação...

Alecrim - Melhora o humor e ajuda a reduzir inchaço (usado na forma de massagem ou escalda-pés como explico no final do post).

Gerânio - Tem efeito anti-depressivo e acalma a ansiedade. Se combinado com o óleo de alecrim em massagens (diluído como explico abaixo) ajuda muito a reduzir o inchaço, inclusive das mamas.

Bergamota - Melhora a auto-estima, levanta o astral. Costumo pingar uma gotinha no aromatizador e também uso no banho para aliviar o cansaço.

Camomila e Lavanda - Trazem calma e clareza. Ajudam a aliviar cólicas, dores de cabeça e dores musculares. Uso um de cada vez, mas podem ser usados juntos. Têm efeito analgésico quando usados na forma de massagem, no banho ou escalda-pés como descrevo abaixo.  São dois grandes coringas na aromaterapia, auxiliam no alívio de quase todos os tipos de desconforto.

Sempre tenho Camomila ou Lavanda no aromatizador em casa, é impressionante a sensação de bem estar...

Como usar: 
Os óleos podem ser usados na banheira (4 ou 5 gotas), no chuveiro (1 gota na esponja junto com o sabonete), no escalda pés (3 ou 4 gotinhas na bacia), na massagem (2 gotas em 20 ml de óleo de semente de uva), no travesseiro (1 gota na lateral não muito perto do nariz), ou no aromatizador (5 gotas em 20 ml de água).

Você usa óleos essenciais no seu dia a dia? Tem algum que você costuma usar e não está nesta lista? Compartilhe sua experiência conosco.


Autora: Mariana Almeida
Apoio: Matricaria

Excelente referência para o uso de ervas medicinais em todas as fases de nossa vida: TPM, cólicas, gravidez, pós parto, amamentação e menopausa.

Bem didático, ensina o uso das ervas em chás, compressas, banhos e etc...de acordo com a necessidade.

Vale à pena!

Para baixar o seu exemplar gratuitamente, clique aqui.

7 comentários:

  1. Amada Cris... obrigada por criar esse espaço que nos ajudará e muito nessa fase. Uma ótima semana cheia de luz e paz!!!!!!!
    Com carinho Regiane

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cris!!
    Que maravilha ! Todas estas informações sobre a TPM... Estou repassando-as para minhas filhas e nora!!
    Que tal a sugestão de incluir algumas dicas sobre o Climatério e menopausa?
    Um grande abraço!!
    Em tempo, li a reportagem da Revista Bons Fluidos...Ótima!!

    Berenice

    ResponderExcluir
  3. Oi Berenice, espero que estas informações sejam úteis a elas.
    O Climatério já está em nossa agenda, em breve iremos publicar.
    Obrigada, fico feliz que tenha gostado da matéria da revista.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Dra Cristiane, essas dicas são valiosas. Vou colocar em prática urgente! Tenho muita enxaqueca e dores nas pernas durante a TPM. O humor também varia muito. Obrigada. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Boa Tarde Dra Cristiane!
    Adorei o seu post!
    Já tinha visto, mas não consegui ler com calma, e hj voltei, kkkk
    Ótimas dicas...já anotei na minha agenda e já começo a seguir nesse ciclo!
    Espero que eu consiga melhorar o humor e principalmente a enxaqueca que está demais da conta!
    Obrigada por compartilhar!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  6. Interessante e valiosa as dicas! Eu percebo bem as alterações que o ciclo provoca, mas da forma como você colocou ficou tão claro e pontual. Percebi em mim uma melhora nos sintomas depois que melhorei a minha alimentação, agora a sua dica do ponto de acupressura vou levar comigo. Grata! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Grata, Cris! Adorei as dicas, que ficarão para minha filha e sobrinhas. Também gostaria de dicas para a fase da menopausa. Fica a sugestão!
    Bjs
    Jussara

    ResponderExcluir